Amanhecer sempre


Fecho os olhos e me vejo atemporal, sem presença física, um sopro de energia que flui da minha essência. 

Sou o não ser, existo sem existir, mas a minha presença é constante e dentro dessa constância jorra uma vida que procura aprender o que é o viver.

Apaixono-me por mim, mesmo brigando muito para continuar uma espetacular, para ser o meu melhor.

O bom é saber que tenho sempre um amanhecer e com ele um reviver.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pimpa e sua Turma!